CONCURSOS DE AU, EVENTOS, PATRIMÔNIO CULTURAL, RECENTES, Todas as Notícias|

Será lançado no dia 07 de agosto em Belo Horizonte o Concurso “Desafios do Patrimônio Cultural”. A iniciativa faz parte de acordo de cooperação entre os Conselhos de Arquitetura e Urbanismo da Bahia, Minas Gerais e Pernambuco. O lançamento ocorrerá em evento gratuito que contará com palestras de dois grandes nomes do cenário arquitetônico, os arquitetos e urbanistas Flávio Carsalade e o Jorge Tinoco e será aberto a todo o público.

 

O “Desafios do Patrimônio Cultural” vai promover o uso inovador e sustentável de monumentos e sítios arquitetônicos com a intenção de criar valor, por meio de restauração e adaptação responsáveis, nos estados baiano, mineiro e pernambucano.

 

 

O evento de lançamento será realizado na Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais, edificação projetada pelo arquiteto e urbanista Oscar Niemeyer. Para encerrar a cerimônia, haverá uma apresentação musical de viola contemporânea da artista Letícia Leal, em homenagem ao Registro dos Saberes, Linguagens e Expressões Musicais da Viola em Minas Gerais como patrimônio cultural imaterial, aprovado em 2018 pelo Conselho Estadual do Patrimônio Cultural (Conep).

 

O concurso de ideias vai premiar atividades no campo das intervenções arquitetônicas e urbanísticas em obras executadas, em bens com pré-existências notáveis, aquelas de especial significado para a sociedade. As obras escolhidas pelo participante podem ser tombadas ou inventariadas pelos diferentes níveis de proteção patrimonial do estado brasileiro (federal, estadual ou municipal), também podendo ser bens que não estejam protegidos em qualquer nível, mas que tenham valor e significado para uma comunidade integrante da sociedade civil.

 

O concurso será aberto para profissionais de Arquitetura e Urbanismo e também para estudantes que estejam acompanhados de um professor orientador. Não existe impedimento para trabalhos que já estejam concorrendo em outras premiações, tanto internacionais como nacionais ou regionais, mas não serão aceitos trabalhos teóricos.

 

Conheça os palestrantes:

 

 

Arquiteto e Urbanista Flávio de Lemos Carsalade

 

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Minas Gerais (1979), Mestrado em Arquitetura pela Universidade Federal de Minas Gerais (1997) e Doutorado pela Universidade Federal da Bahia (2007). Foi presidente do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (1999-2002) e do Instituto de Arquitetos do Brasil/ Departamento Minas Gerais (1995-1998) e Secretário Municipal de Administração Urbana Regional Pampulha da Prefeitura de Belo Horizonte (2004-2007). É professor da Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais desde 1982, onde foi seu diretor (2008-2012) e seu vice-diretor (1988-1991). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Planejamento e Projetos da Edificação e Urbanismo, atuando principalmente nos seguintes temas: projetos arquitetônicos e urbanísticos, patrimônio cultural e ensino de arquitetura. Atualmente é Diretor da Editora UFMG e Presidente do ICOMOS Brasil.

 

 

Arquiteto e Urbanista Jorge Eduardo Lucena Tinoco

 

Membro da Associação Brasileira de Conservadores e Restauradores de Bens Culturais – ABRACOR; Associado ao International Council on Monuments and Sites – ICOMOS; Diretor geral do Centro de Estudos Avançados da Conservação Integrada – CECI. Formou-se em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE (1976). É especialista (lato-sensu) em conservação e restauro de monumentos e conjuntos históricos pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (1978). Desde 1973, trabalha na conservação e restauro de monumentos. Foi arquiteto, assessor técnico e diretor da Diretoria do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco – FUNDARPE, no período de 1976 – 1993. Foi Secretário do Planejamento da Prefeitura Municipal de Olinda, no período 1978–1981. Foi idealizador e responsável pela implantação dos sistemas municipais de preservação das cidades de Olinda e Igarassu, através da criação do Conselho de Preservação dos Sítios Históricos, da Fundação Centro de Preservação e do Fundo Municipal de Preservação, entre 1979 e 1985. Foi o idealizador da criação de espaços permanentes nas ruas e praças para exposição de imagens sobre evolução urbana e humana dos lugares notáveis das cidades, 1983 – 84. Organizou, sistematizou e executou a primeira obra de conservação e restauro no NE do Brasil sob o regime de canteiro adaptado para a transmissão de conhecimentos aos operários (Obra-Escola do Chanteclair), 1986-87. Foi consultor de projetos do Monumenta/BID, do Ministério da Cultura entre 2000 – 2005. Foi responsável técnico das empresas Cinzel, ConcrEpoxi, Paraguaçu Engenharia Ltda.

 

 

SERVIÇO:

Lançamento do Concurso de Ideias
“DESAFIOS DO PATRIMÔNIO CULTURAL”

Data: 07 de agosto de 2019, quarta-feira
Horário: 14h30 às 18h
Local: Biblioteca Pública Estadual de Minas Gerais
Endereço: Praça da Liberdade, 21, Funcionários – Belo Horizonte/MG

 

Programação:

  • 14h30 – Credenciamento
  • 15h00 – Mesa de Abertura
  • 15h30 – Lançamento do Edital do Concurso
  • 16h00 – Arq. e Urb. Flávio De Lemos Carsalade: Palestrante Representante do CAU/MG.
  • 16h30 – Arq. e Urb. Jorge Eduardo Lucena Tinoco: Palestra representante CAU/PE.
  • 17h00 – Debate Direcionado: Roda de Conversa
  • 17h30 – Encerramento e confraternização com a violeira Letícia Leal

 

FAÇA SUA INSCRIÇÃO GRATUITA AQUI

 

 

 

Com informações do CAU/MG

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Search Window