CAU NA MÍDIA, ENTIDADES DE ARQUITETURA, EVENTOS, Luciano Guimarães, PRESIDÊNCIA, RECENTES, RELAÇÕES INTERNACIONAIS, UIA|

 

 

O Instituto de Arquitetos Americanos (AIA) realizou na semana passada seu evento anual, o A’19, que reúne arquitetos, pesquisadores e fornecedores de todo o mundo. O presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães, esteve em Las Vegas como convidado especial do AIA, onde pôde reforçar as parcerias do CAU/BR com importantes organizações internacionais, como o Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA) e Conselho de Acreditação em Arquitetura dos Estados Unidos (NAAB), além do próprio AIA.

 

Os memorandos de entendimento assinados com o presidente do RIBA, Ben Derbyshire, e com a diretora interia do NAAB, Helene Combs, preveem, por exemplo, a colaboração com o Programa de Acreditação de Cursos de Arquitetura e Urbanismo que o CAU/BR está desenvolvendo. O objetivo é reproduzir no Brasil as melhores práticas adotadas no Estados Unidos e na Grã-Bretanha para a avaliação do ensino praticado no Brasil.

 

Presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães, e o presidente do RIBA, Ben Derbyshire, assinam memorando de entendimento entre as duas instituições

 

No acordo com o RIBA também estão previstos esforços conjuntos para a disseminação da tecnologia BIM (Modelagem da Informação da Construção). Em outubro, a Comissão de Relações Internacionais do CAU/BR vai promover um seminário internacional sobre “BIM na Prática”, e está alinhando com os arquitetos britânicos temas e participantes para o encontro. Outro tema que será trabalhado com o RIBA são programas de formação continuada para arquitetos e urbanistas brasileiros.

 

Presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães, e a diretora interina do NAAB, Helene Combs, assinam memorando de entendimento entre as duas instituições

 

OFICINA INTERNACIONAL NO RIO DE JANEIRO

A parceria com o AIA – renovada em memorando de entendimento assinada pelo seu presidente, William Bates – deve resultar em um seminário internacional da Equipe de Assistência em Desenho Urbano/Regional (R/UDAT, na sigla em inglês), a ser realizado nos dias 27 a 30 de setembro no Rio de Janeiro. O evento, organizado pela Comissão de Relações Internacionais do CAU/BR, vai propor soluções pra problemática urbana/social da zona portuária do Rio, com uma equipe interdisciplinar com arquitetos do Brasil e dos EUA. Esse evento servirá como preparação para o 27º Congresso Mundial de Arquitetos (UIARIO2020), que acontecerá entre os dias 19 e 23 de julho de 2020 no Rio de Janeiro, com organização da União Internacional de Arquitetos (UIA) e Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB). Saiba mais sobre o UIARIO2020 aqui.

 

Em Las Vegas, o presidente Luciano Guimarães também assinou o Comunicado dos Presidentes Internacionais, documento que sintetiza os encaminhamentos do Fórum Internacional de Presidentes promovido pelo RIBA em Londres. No comunicado, presidentes de organizações internacionais representando arquitetos de todo o mundo consentem com cinco princípios para fortalecer e salvaguardar o futuro da profissão no mundo: atuar pelo interesse público; elevar padrões para melhor gerenciar os riscos; melhorar a diversidade da força de trabalho; fomentar a pesquisa para acumular conhecimento; e colocar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU no centro da prática profissional.

 

Presidente do Instituto Coreano de Arquitetos (KIA), Chull Hee Kang; Presidente do Instituto Americano de Arquitetos (AIA), William Bates; Presidente do CAU/BR, Luciano Guimarães; e o vice-presidente da União Internacional dos Arquitetos para as Américas, Roberto Simon

 

O documento é endossado pelo CAU/BR, União Internacional dos Arquitetos (UIA), Conselho de Arquitetos da Europa (ACE), Conselho Regional de Arquitetos da Ásia (ARCASIA), União Africana de Arquitetos (AUA), Associação de Arquitetos da Comunidade das Nações (CAA), Instituto Real de Arquitetos Britânicos (RIBA), Associação de Escritórios de Arquitetos do Chile (AOA), Colégio de Arquitetos do Chile, Instituto Americano de Arquitetos (AIA), Instituto de Arquitetos de Hong Kong (HKIA), Instituto Coreano de Arquitetos (KIA), Instituto Malasiano de Arquitetos (PAM ), Instituto Real Arquitetônico do Canadá (RAIC) e Instituto de Arquitetos de Singapura (SIA).

 

A participação dos arquitetos e urbanistas brasileiros no evento anual do AIA também foi marcada pela presença do vice-presidente da UIA para as Américas, Roberto Simon, no debate “Arquitetos são trabalhadores da saúde pública – Experiências internacionais”. Além de Simon – que também atua como ouvidor-geral do CAU/BR – participaram da discussão a arquiteta Christine E. Bruckner, ex-presidente internacional do AIA, e Pei Ing Tan, ex-presidente do ARCASIA.

 

Arquiteto brasileiro Roberto Simon, ouvidor-geral do CAU/BR, participa de mesa-redonda do AIA sobre Arquitetura e Saúde com a arquiteta Pei Ing Tan, da Malásia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Search Window