ARQUITETOS EM DESTAQUE, ARQUITETURA SOCIAL, ASSESSORIA PARLAMENTAR, Assistência Técnica, PRÊMIOS, RECENTES, Todas as Notícias|

A Câmara dos Deputados homenageou, em 30 de outubro, projetos e personalidades que se destacaram nas áreas de mobilidade, saneamento e habitação. Os vencedores da 5ª edição do prêmio Lúcio Costa foram escolhidos pelos integrantes da Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), a partir de indicações dos deputados.

 

O falecido arquiteto e deputado federal Zezéu Ribeiro, recebeu uma premiação póstuma, indicado na categoria ‘Habitação’ pelo deputado Josenildo Ramos (PT/BA).

 

José Eduardo Zezéu Vieira Ribeiro (1949/2015)

 

Zezéu foi o autor do texto final da Lei 11.888/2008, que criou a Assistência Técnica em Habitação de Interesse Social, e relator do projeto que instituiu o Estatuto da Metrópole, de 2014. Presidiu a CDU, cujo plenário na Câmara o homenageia com seu nome.

 

Lola Ribeiro, viúva do homenageado, recebeu o prêmio, ao lado de seus filhos Cláudio, Adriano e Júlia, a neta Vanessa e o genro Cláudio Reis.

 

Lola Ribeiro

“Zezéu foi um sonhador”, disse ela em seu pronunciamento. “Batalhava por um mundo mais justo, confiante na ação da educação e da cultura como meios de lapidação e desenvolvimento dos seres humanos. Seu compromisso era com a democracia , com a liberdade e o fim das desigualdades sociais e regionais. Como costumava dizer, “vim ao mundo para transformar e me deixar transformar””.

 

Ela lembrou ainda que além de sua atuação parlamentar no campo da habitação e do desenvolvimento urbano, Zezéu atuou na recriação da Sudene, batalhou por recursos constitucionais para a cultura.

 

Luciano Guimarães, presidente do CAU/BR, também falou na ocasião. Segundo ele,  nesse momento ter na memória a luta de Zezéu Ribeiro é importante “pois nos dá mais força para combater Proposta de Emenda Constitucional em tramitação no Congresso que propõe a extinção do conceito da função social da propriedade, essência da reforma urbana lastreada nos Estatutos da Cidade e da Metrópole”.

 

Manoel Magalhães, assessor-chefe de Zezéu Ribeiro; os filhos Adriano e Júlia; Luciano Guimarães; Lola Ribeiro; deputado Josenildo Ramos; a neta Vanessa e o genro Cláudio

 

Outro homenageado foi Cassiano Ferreira Novo, mestre em psicologia do trânsito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ele criou o projeto “semáforo inteligente” para promover a segurança de pessoas com dificuldade de locomoção. Cassiano, que foi indicado pelo deputado Gustavo Fruet (PDT/PR. O engenheiro Oscar Pereira dos Reis foi indicado na categoria ‘Saneamento’ pelo deputado Flaviano Melo (MDB/AC).

 

José Ricardo (PT/AM) indicou a Associação Indígena Sateré Mawé do Aninga (Aisma), uma organização que desempenha atividades ligadas à cultura, arte e defesa de direitos sociais. Além disso, também realiza trabalhos no interior do Amazonas com populações indígenas que necessitam de moradia.

 

Também foram premiadas três entidades, uma delas o Complexo Órion, indicado pelo deputado Francisco Jr. (PSD/GO). O edifício é um complexo médico com várias especialidades e centros cirúrgicos localizados em um só local, o que facilita o acesso e evita o deslocamento entre várias partes da cidade.

 

Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas no Estado de Goiás (STIUEG), indicado na categoria ‘Saneamento’ pelos  deputados Edmilson Rodrigues (PSOL/PA) e José Ricardo (PT/AM).   O Empreendimento Órion Business & Health Complex, indicado na categoria ‘Mobilidade’ pelo deputado Francisco Jr. (PSD/GO).

 

O prêmio de mobilidade, saneamento e habitação faz homenagem ao urbanista Lucio Costa, arquiteto modernista e idealista, reconhecido mundialmente pelo projeto do Plano Piloto de Brasília. Ele faleceu em 1998 e se firmou como pioneiro da arquitetura moderna no Brasil.

 

Com informações da Agência Câmara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close Search Window